O Grupo Estartando Freelas do Facebook está provocando uma incrível reação em cadeia. Fazem apenas 4 meses que comecei os trabalhos por lá. Mas um número cada vez maior de freelancers estão tornando a comunidade altamente engajada.

Eu nunca imaginei que o Curso de Gestão de Mídias Sociais, que fiz na Universidade Rock Content, fosse me direcionar de forma tão precisa! O início do grupo foi bem tímido, com motivos bem discretos. Hoje, apenas 120 dias depois, já somos quase 1.700 membros, em sua esmagadora maioria freelancers iniciantes. Mais de 100 especialistas em várias áreas contribuem com diversos comentários. Isso é tão intenso, que cada post do grupo acabou se tornando referência para consultas dos freelas que fazem parte dele.

Devido ao intenso engajamento produzido pelo Grupo “Estartando Freelas”, do Facebook, produzi este post, com uma explicação resumida de alguns resultados obtidos nos 4 meses de sua formação. Vou explicar  um pouco sobre:

  • Qual era a intenção original do grupo?
  • Para quem foi criado o Grupo Estartando Freelas?
  • Empreendedores são bem vindos?
  • Que ramos de atuação o grupo acolhe?
  • Que números mostram o sucesso do grupo?
  • Porque uma comunidade com menos de 2 mil membros consegue ser tão engajada assim?
  • Quais são as limitações atuais e as aspirações do Estartando Freelas?

Vamos entender melhor essas questões a partir de agora. Mas antes disso, conheça o grupo Estartando Freelas por meio do vídeo abaixo, publicado no canal do Freelancear no Youtube:

Estartando Freelas: um começo tímido e despretensioso

Há cerca de 6 meses atrás eu lancei meu primeiro e-book para entregar conteúdo relevante pra galera freelancer. Seu título era “5 Primeiros Passos Para Ser Freelancer na Internet – Guia Rápido”. Nele eu dei 50 dicas separadas em 5 degraus de informação, que poderiam ser memorizados. Para facilitar, usei 5 termos começando com a letra “I”. Se desejar saber mais sobre o e-book, faça o download grátis dele..

Na parte final do e-book, eu convidava a galera para fazer parte do Grupo “Estartando Freelas”. O caráter secreto dele permitiria que somente pessoas convidadas pudessem entrar. Foi interessante, pois aos poucos, alguns freelancers começaram a entrar em contato comigo. Seja por meio do meu perfil pessoal ou da fanpage do Freelancear, algumas mensagens chegavam. A galera começou a dar vida ao que o grupo se tornou hoje, apenas 4 meses depois.

 

Qual era a intenção original do grupo?

As primeiras ideias giravam em torno de produzir oportunidades de trabalho para freelas iniciantes. Ou seja, o conceito de um mural de jobs sempre esteve presente. Eu comecei a postar algumas demandas de trabalho que encontrava em sites e outros grupos do Facebook. Mas uma mudança sutil de comportamento da galera me fez ampliar o objetivo do Estartando Freelas.

A interação dos membros começou a tomar proporções de ajuda mútua. Como isso começou a surgir? Com posts de perguntas. Por exemplo, alguém queria saber sobre como tratar imagens, postava isso e dezenas de respostas surgiam. Outro freelancer perguntava sobre os melhores tipos de hospedagem e, novamente, a galera interagia com poder.

Portanto, a intenção original, de montar um mural de jobs para freelancers iniciantes, se ampliou para uma forte rede de contatos profissionais. Esse networking faz com que o nosso grupo tenha hoje em dia números impressionantes, e esteja atraindo empreendedores e profissionais de mídias sociais para entender qual é o nosso mel.

 

Empreendedores no grupo? Como assim?

Quando percebi que a inserção de empreendedores facilitaria para os freelancers do grupo a obtenção de jobs, comecei a permitir com mais intensidade a entrada deles. Daí comecei a entender como muitos deles procuram profissionais home office. Muitos deles fazem o seguinte:

  • Publicam uma pergunta pertinente;
  • Aguardam os primeiros comentários;
  • Fazem ainda mais perguntas;
  • Observam quem interage mais;
  • Observam quem possui maior domínio de conhecimento;
  • Apresentam problemas para ver o que os freelas sugerem; e
  • Chamam os freelas ‘testados’ in box e oferecem oportunidades de trabalho.

Alguns empreendedores começaram a me chamar in box e mencionar que essa forma de apresentar oportunidades era mais efetiva. Era como uma ‘entrevista coletiva’, com resultados mais tangíveis. Pensei: que incrível! Mas, nada que um empreendedor no sentido pleno da palavra não consiga fazer com sucesso.

 

Quais são os ramos de atuação mais acolhidos no Estartando Freelas?

É bem difícil responder essa pergunta. Cada vez tem aumentado o número de profissões realizadas no conforto do lar, em coworkings ou simplesmente à distância, seja onde for. Mas posso afirmar que, pelo menos, alguns dos seguintes ramos de atuação freelancer estão presentes no grupo:

  • Análise de Marketing
  • Análise de SEO
  • Design
  • Design gráfico
  • Gestão de Conteúdo
  • Gestão de mídias sociais
  • Inbound Marketing
  • Marketing Digital
  • Multimídia
  • Produção de Vídeos
  • Programação e desenvolvimento de sites
  • Redação e conteúdo
  • Suporte Administrativo
  • (TI) Tecnologia da Informação
  • Tradução
  • Vendas

 

Métricas de engajamento do Estartando Freelas

Os números sempre estabeleceram métricas interessantes no Facebook. Com o Estartando Freelas não foi diferente. Por isso, vou compartilhar os números mais recentes (conforme a data da última atualização do post).

Assim, todos vocês podem ter uma ideia do alcance e do poder de engajamento de seus membros.

  • Fundação do grupo: 15 de agosto de 2017
  • Número atual de membros: 1.671
  • Percentual de membros ativos interagindo: 99%
  • Solicitações de adesão: 275 (esse é o número dos que pediram permissão para entrar)
  • Interações nos últimos 28 dias: 16.500
  • Post com o maior engajamento: 1.201 visualizações, 414 comentários e 435 reações
  • Post com o menor engajamento: 406 visualizações, 12 comentários e 41 reações
  • Países representados: 22 (Alemanha, Angola, Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, Colômbia, Emirados Árabes Unidos, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Hungria, Irlanda, Israel, Japão, Moçambique, Polônia, Portugal, Reino Unido e Tailândia)
  • Dias mais ‘movimentados’: Segunda e Sexta
  • Dia com o maior número de publicações: 11 de dezembro de 2017, com 50 posts
  • Dia com o maior número de membros aprovados: 8 de dezembro, com a chegada de 68 pessoas

Diversas métricas são informadas frequentemente ao próprio grupo. Segundo comprovado pelas próprias reações dos membros, essa é uma das razões do engajamento tão animado do grupo. Veja logo abaixo algumas imagens já publicadas no grupo.

 

Primeiro post de contagem de membros

novos membros no Estartando Freelas

Segundo post de contagem de membros

mil membros no Estartando Freelas

Terceiro post de contagem de membros

mais membros no Estartando Freelas

Quarto método de contagem de membros com boas vindas

mais membros no Grupo Estartando Freelas

Notificação do número de interações em apenas 28 dias

interacoes no Estartando Freelas

Notificação de métricas específicas

metricas no Estartando Freelas

Notificação de quem contratou e foi contratado

freelancers e empreendedores no Estartando Freelas

 

Porque tanto engajamento com poucos membros?

Alguns consideram, e com razão, o número de membros do Estartando Freelas, bem pouco. Afinal de contas, nem chegamos a 2 mil membros ainda. Mas não se pode negar que nossa interação está chamando a atenção de diversas pessoas.

Prova disso é o aumento de solicitações de pessoas que sabem do grupo e querem entrar nele. Recebi também umas 10 mensagens in box por semana nos últimos dias elogiando nossa iniciativa. Elas provam que, tanto quem já faz parte de nossa comunidade como quem está pedindo para entrar gostou da ideia. Fico satisfeito com essa reação positiva.

Um dos motivos de termos tanto engajamento são posts simples, mas bem direcionados. Muitas vezes produzo eles para pedir a opinião da galera em alguns aspecto de seu trabalho. Em outros só peço para que eles opinem sobre qual blog, ferramenta ou estratégia seria melhor. Observe logo abaixo alguns posts publicados em nosso grupo secreto.

 

Post comparativo de plataformas de conteúdo

Rock Content x Viver de Blog no Estartando Freelas

Post para compreender o perfil dos membros do grupo

post super engajado no Estartando Freelas

Post de opinião profissional

post engajado no Estartando Freelas

Post para extrair a opinião dos designers

post de design no Estartando Freelas

Mais um post para entender o perfil dos membros

pesquisa no Estartando Freelas

 

Humanização: o grande diferencial do Estartando Freelas

Desde o início, eu decidi que não tornaria o grupo mecanizado, mas que atenderia as necessidades dos membros de forma humanizada, pessoal. Deu certo! Veja abaixo alguns dos posts que apontaram nitidamente para esse norte.

Você vai perceber que um dos principais diferenciais do Estartando Freelas é o tratamento humanizado dado a cada membro do grupo. Valorizamos as pessoas, pois são elas que tornam cada um de nossos posts verdadeiras aulas comunitárias!

 

Post dos colaboradores mais engajados do mês

colaboradores do Estartando Freelas

Post de um destaque do grupo que ajudou muitos membros

humanizacao no Estartando Freelas

Post de um destaque que ajuda o grupo a se manter profissional

humanizando no Estartando Freelas

 

As pedras e o caminho à frente!

O Grupo Estartando Freelas do Facebook está apenas começando. Por isso, temos muitas pedras que nos fazem tropicar e bater a cara no chão. Reconheço que são muitas as limitações, especialmente porque sou novo na área de community manager. Sou imensamente grato aos membros do grupo que dominam esse ramo de atuação na internet e que me oferecem ricas sugestões!

Isso me faz seguir em frente na ideia! Em breve publicarei aqui, nesse post do blog Freelancear, um link do cadastro freelancer que estou estruturando. Ele ficará disponível para pesquisa de empreendedores e empresas que, se desejarem, poderão ser incluídos no grupo a qualquer momento para sondar profissionais do perfil procurado.

Se quiser fazer parte de nossa comunidade cada vez mais animada, entre em contato. Faça contato comigo in box pelo Facebook, e incluirei você com o maior prazer no grupo Estartando Freelas.

Espero que o Grupo Estartando Freelas continue sendo um sucesso, com a garra e o incentivo de todos os que fazem parte dessa incrível reação em cadeia do universo das mídias sociais!