5 (100%) 1 vote

Escrever com Persuasão pode ser o que falta para que seus leitores se tornem seus seguidores. Essa técnica não é difícil de aprender. Na verdade, você mesmo fez uso dela sem perceber! Como assim?

Pense bem: já teve necessidade de dar um conselho para um amigo ou parente? Usou argumentos para ele raciocinar e tomar uma boa decisão? Então você persuadiu alguém sem perceber.

Se é possível falar com persuasão, também é possível escrever com persuasão. Antes de aprender a fazer isso, vamos entender o que exatamente significa persuasão e como usá-la para o bem das pessoas.

 

O que é persuasão?

como Escrever com Persuasao

Persuasão é a arte de convencer uma pessoa a fazer alguma coisa ou mudar de comportamento e/ou opinião. Isso envolve convencê-la a fazer algo que seja do interesse dela, mas que pode beneficiar você também.

Mas é preciso tomar cuidado para não perder o equilíbrio. Alguns usam a persuasão num contexto negativo. Eles acabam conduzindo o público para direções que mais trazem arrependimento do que satisfação e médio e longo prazo.

A razão disso está na enorme diferença que existe entre persuadir e manipular.

 

Persuadir não é manipular!

Escrever com Persuasao nao e manipular

Se não for bem usada, a persuasão pode virar manipulação. Não confunda uma coisa com a outra. A raiz dos dois conceitos são similares. Mas o profissional de produção de conteúdo precisa ter certeza de que constrói em cima de uma base sólida e eficaz.

Por isso, listei abaixo algumas diferenças entre a persuasão e a manipulação:

 

Persuasão

  • Faz pensar  no bem da outra pessoa
  • Ajuda a construir argumentos honestos e válidos
  • Usa vantagens reais
  • Auxilia o público a decidir por si só

 

Manipulação

  • Serve para objetivos puramente egocêntricos
  • Constrói argumentos anti racionais de coação
  • Usa vantagens superficiais
  • Obriga o público a fazer algo por pura emoção

 

Qual das duas abordagens vai te ajudar a produzir conteúdos mais relevantes para o seu público? Sem dúvida, a persuasão traz os melhores resultados.

Agora vou explicar como você pode persuadir seus leitores com equilíbrio. As dicas abaixo podem te ajudar a compor bons textos no início de sua jornada produzindo conteúdo para a web.

Confira!

 

Como escrever com persuasão respeitando a liberdade de escolha

Escrever com Persuasao respeitando as escolhas

Gostaria de sugerir algo: não caia na armadilha de se tornar um profissional de redação manipulador. Aprenda a persuadir e entenda que os 2 conceitos não estão em conformidade. Desenvolva boas qualidades profissionais. Algumas delas são:

 

Mostre interesse

Em primeiro lugar, mostre que está interessado no seu público de maneira sincera. Para persuadir, é necessário conhecer quem está lendo seus conteúdos e saber detalhes sobre seus desejos e suas aversões. Só assim será possível apresentar soluções que seu público estaria disposto a aceitar.

 

Mostre paciência

Em segundo lugar, controle-se. Mesmo se você usou bons argumentos e não teve sucesso, ajuste o formato de argumentação dos seus próximos conteúdos. Respeite o tempo que o leitor tem para refletir e tomar decisões.

Caso contrário, seu público-leitor poderá sentir-se como na foto abaixo: extremamente irritado com a sua abordagem.

 

Escrever com Persuasao nao e irritar

 

Lembre-se de que o público pode até mudar de ideia e aceitar o que você propõe. Mas para aumentar essa probabilidade, você precisa deixar isso transparecer de maneira bem clara em seus textos. Se mostrar paciência, vai evidenciar que escrever com persuasão faz parte do seu estilo de redação.

 

Seja obervador

Em terceiro lugar, observe muito antes de escrever suas opiniões sobre um tema. Qual é o melhor momento para elaborarmos uma proposta? Que argumentos devemos usar? Encontraremos as respostas se observarmos o comportamento do nosso público.

 

Sim, escrever com persuasão envolve mostrar interesse, ser paciente e desenvolver o seu senso de observação. Aguçar essas qualidades tornarão o seu texto mais pessoal, mais atrativo e, com isso, a conversão desejada com o conteúdo poderá ter sucesso.

 

Aprenda a escrever bem usando a arte da persuasão

Escrever com Persuasao e uma arte

A escrita persuasiva é como pegar o leitor pela mão e conduzi-lo até o fim do texto de modo agradável. Depois, convencido da qualidade dos argumentos, o leitor toma uma ação que vai beneficiar tanto a ele como a nós.

Na conclusão desse post, vou dar mais 5 dicas que te vão te ajudar a escrever com persuasão:

 

Escreva num tom pessoal

Antes de qualquer coisa, o leitor deve perceber que seu texto foi feito pra ele. Por isso, use “você” para dar um tom de conversa e proximidade.

Usei essa técnica no início deste post. Percebeu como foi criado um tom de diálogo? É como acompanhar o leitor numa viagem. Isso nos leva a próxima dica.

 

Conte uma história (o chamado storytelling)

Contar histórias prende a atenção porque o leitor é envolvido na situação. Apresentar um problema (que deve ser parecido com o dele) e mostrar como resolvê-lo torna nossos conteúdos bem mais atraentes!

Afinal de contas, quando nos identificamos com o que lemos, parece que o tempo nem passa tão rápido assim, não é mesmo? Escrever com persuasão usando histórias envolventes é uma grande sacada para produzir conteúdos atraentes!

 

Call-to-action

Pra fechar bem o seu texto, que tal preparar um call-to-action (ou chamada para a ação)? Você pode fazer isso para:

  • Convidar seu leitor a clicar num link útil;
  • Incentivar seu público a cadastrar-se na newsletter do blog;
  • Baixar um novo e-book;
  • Compartilhar um post nas redes sociais;
  • Comentar o que achou do artigo; ou
  • Deixar suas dúvidas na seção de comentários do blog.

 

Não force a barra

Escrever com Persuasão nao e forcar a barra

É muito fácil perceber quando um conteúdo está forçando a barra. Assim, não subestime o seu público obrigando-o a aceitar suas ideias como se elas fossem absolutistas. O marketing de conteúdo praticado com responsabilidade é mais elevado do que imposições simplistas.

Se seu público vai amar ou odiar seus conteúdos, muito depende da forma como você pesquisa, organiza e publica seus blog posts ou os de seus clientes. Se não forçar a barra, terá mais pensadores do que leitores consumindo os textos que redigir.

Em conclusão, gostaria de relembrar que a escrita persuasiva motiva o leitor a agir e atingir o objetivo do conteúdo. No final, todos saem satisfeitos. O leitor achou a solução que precisava, e você fez um conteúdo de qualidade que foi ou será revertido em vendas.

Escrever com persuasão é uma arte? Sim, é. Mas não está fora do seu campo de ação. Como conteudista, é preciso escrever bem para escrever sempre. Mais e mais clientes virão se você se dedicar a se tornar um profissional de qualidade ao produzir textos que convertem! Portanto, seja persuasivo de forma coerente e obtenha mais resultados como redator web!