5 (100%) 1 vote

Num momento de mudança da minha vida, vi a necessidade de começar a ser freelancer na internet. É possível que muitos de vocês vão ler esse post e se identificar com a minha história. Foi justamente por esse motivo que decidi contar parte dela no lançamento do Freelancear em 2017, o ano em que esse blog foi ao ar.

Começar a Ser Freelancer na Internet não precisa ser um bicho de 7 cabeças. Isso depende muito da maneira de enxergar essa atividade.

Logo abaixo vou te contar de que maneira eu comecei a trabalhar assim. No final da leitura desse post, você entenderá:

  • Que não encaro minha atividade profissional como o “formato ideal” de trabalho;
  • Algumas das lições que a atividade de freelancer home office estão me ensinando;
  • Quais eram meus medos, limitações e outros aspectos que ‘engessavam’ a minha mente;
  • Porque é preciso avaliar a si mesmo antes de se convencer da possibilidade de ser um freelancer;
  • Qual foi o site que me ajudou a encontrar meus primeiros clientes; e
  • Os 5 passos essenciais que o Fábio Ricotta ensina sobre começar a ser freelancer na internet.

Conheça o livro que escrevi contando como consegui meus primeiros clientes na internet!

Freelancer de Conteudo 300x250

 

Ser freelancer na internet não é um sonho ou um ‘ideal’

Antes de tudo, não quero que você leia a minha história e pense nela de forma que ela pareça um ideal. Acho que esse conceito de “trabalho ideal” está um pouco fora da realidade. Acredito que as oportunidades podem ser bem desiguais para a maioria das pessoas.

Sendo assim, nem sempre as circunstâncias permitem que nosso trabalho seja o preferido. Inclusive, muitos dos meus amigos pessoais ganham a vida de maneiras bem diferentes dos seus gostos pessoais.

Isso significa que nem todo amigo ou conhecido seu vai tomar a decisão de começar a ser freelancer na internet. Cada pessoa tem objetivos e direções próprias. Por isso, respeitei muito a opinião dos meus amigos mais achegados ao avaliar essa possibilidade.

“Nem sempre as circunstâncias permitem que nosso trabalho seja o preferido.”

Então, quando ler uma história parecida com a minha ou a de outros, absorva as lições que mais te ajudem no seu momento. Tome suas próprias decisões de acordo com o que você puder e quiser fazer.

Começar a ser freelancer na internet me ajudou a ter as possibilidades de trabalho que uma empresa não me daria. Por isso decidi continuar. Até hoje está dando certo, e espero continuar sendo freelancer de conteúdo, que é o meu caso.

Espero sinceramente que a minha história possa te inspirar, caso você queira e possa avançar na mesma direção. Gostaria que minha trajetória te ajude de alguma forma a desenvolver essa atividade.

Quero fortalecer a sua determinação de vencer as mesmas barreiras mentais que eu venci a fim de trabalhar como freelancer de conteúdo num mercado tão competitivo.

 

Medos e limitações que precisam ser vencidos ao começar a ser freelancer na internet

Mesmo o ser humano mais seguro de si possui limites. Respeitar esses limites pode promover boa saúde mental e o levar a viver mais feliz com as decisões que precisa tomar na vida.

Por outro lado, alguns desses limites não tem tanto a ver com o que não podemos fazer, mas sim com o que achamos que não temos capacidade de realizar. O que estou querendo dizer com isso?

Às vezes podemos ter uma dificuldade específica em certo tipo de atividade. Vou dar um exemplo de que isso pode acontecer.

 

‘Não consigo’ ou ‘não posso’ fazer?

Exerço uma atividade voluntária há mais de 20 anos mantendo contato com o público. Durante esse tempo, conheci centenas de pessoas com enormes dificuldades de expressar o que tinham no íntimo de forma escrita.

Muitas dessas pessoas se comunicavam bem verbalmente. Mas quando precisavam colocar no papel o que pensavam ou sentiam, travavam!  Ainda assim, com muita ajuda de seus amigos, paciência e outros elementos essenciais do aprendizado, elas conseguiam desenvolver essa habilidade.

O que aprendi com isso? Que alguns medos podem ser contornados e, que quando isso acontece, a pessoa se sente mais segura pra ir em frente naquela ‘batida’. Isso já deve ter acontecido com você em várias áreas da sua vida.

Talvez o violão parecia querer mordê-lo na primeira vez que o pegou, e hoje você consegue tirar dele músicas que tocam o coração de quem está à sua volta!

Voltando às pessoas com dificuldade de escrita, é claro que algumas continuam tendo grandes limitações. Isso porque um bom desenvolvimento de textos depende de muitos fatores diferentes.

Se você também deseja começar a ser freelancer na internet, precisará definitivamente lidar com seus medos e receios. É necessário tomar uma atitude; dar o primeiro passo!

 

Lições quando comecei a ser freelancer de redação

O que aprendi foi o seguinte: preciso identificar meus limites reais e diferenciá-los de limites imaginários! Essa diferenciação se tornou essencial para que eu pudesse começar a ser freelancer na internet. Foi isso o que me ajudou a lidar com meus medos e seguir em frente.

E quais eram alguns desses medos? Eles vinham expressos em algumas frases do tipo:

  • E se eu não conseguir desenvolver o job?”
  • E se o cliente for muito exigente?”
  • E se acontecer algum imprevisto?”
  • E se o prazo for muito curto?”

 

De que modo lidei com minhas barreiras psicológicas para trabalhar em casa

Assim como você deve ter percebido, o efeito “E se…” martelava a todo instante. Não eram limitações reais; eram limitações imaginárias que eu permitia que minha consciência alimentasse a todo momento.

Em resumo, meu maior medo era o de vencer minhas próprias limitações! Qual foi uma das coisas que me ajudou a começar a ser freelancer na internet? Aceitar que esse era o medo. Isso mesmo! Então, comecei a trabalhar minha consciência profissional nesse sentido.

 

Workana: o site onde encontrei meus primeiros clientes

Depois que um dos meus primos me aconselhou a abrir uma conta na plataforma internacional de freelancers Workana, comecei a ler mais a respeito do assunto. Descobri que existia a oportunidade de trabalhar como freelancer na internet como redator.

Sempre amei ler e escrever. Então, decidi investir na ideia! Num próximo post vou contar de que forma eu desenvolvi essa habilidade aos poucos e de que forma eu consegui após isso me afirmar no mercado de redação web.

Quer saber mais sobre o trabalho dos freelancers usuários da Workana? Leia o post que escrevi sobre esse assunto!

Em resumo, posso dizer com toda a convicção que venci meus medos. Isso aconteceu só depois de aceitar que eles vinham da minha própria imaginação.

Converti esses pensamentos em criatividade para ganhar habilidade em escrever. Isso foi o que mais me ajudou quando comecei a trabalhar como freelancer na internet!

 

Dicas do Fábio Ricotta aos que querem trabalhar como freelancers

Sua meta é começar a ser freelancer na internet? Faça o que eu fiz! Assista o vídeo abaixo! Nele, o Fábio Ricotta da Agência Mestre traz 5 dicas valiosas que ajudaram muitas pessoas, inclusive eu, a dar passos iniciais bem direcionados. Vale a pena conferir!

Quer mais dicas? Que tal baixar GRÁTIS agora mesmo o e-book exclusivo que escrevi sobre o assunto? Ele se chama “5 Primeiros Passos para Ser Freelancer na Internet”. Tenho certeza de que vai gostar das dicas que compartilho nesse e-book!

 

Você também gostaria de começar a ser freelancer na internet?

E aí? Se identificou com minha história? Deixe nos comentários sua impressão ou qualquer pergunta. Será um prazer responder!

Eu gosto muito de contar para quem quer começar a ser freelancer na internet alguns detalhes que podem fazer a diferença. Além disso, gosto também de ouvir opiniões diferentes. Elas me ajudam muito a refletir na estratégia que uso, fazendo ajustes sempre que é necessário.

Eu decidi recentemente compartilhar algumas dicas aqui do blog nas redes sociais. Minha intenção é ajudar você a começar a ser freelancer na internet de maneira consistente. Por isso, listei logo abaixo do post os links onde você pode acessar o Freelancear em diversas redes sociais.

Se quiser ficar por dentro de algumas novidades sobre esse universo, clique nos links. Saiba dos novos posts do blog logo que forem publicados! Compartilhe os conteúdos que achar mais interessantes!

 

Compartilhe a minha história! Eu faria o mesmo por você!

Vou resumir o que me ajudou a começar a ser freelancer na internet:

  • Em primeiro lugar, não encarei essa oportunidade como um sonho, mas busquei adquirir as habilidades profissionais que são essenciais na minha área de atuação.
  • Em segundo lugar, enfrentei meus medos e limitações com coragem e determinação.
  • Em terceiro lugar, aprendi a prospectar meus primeiros clientes na Workana e de outras formas.

Gostaria também de te fazer um convite… Que tal compartilhar esse post com aquele amigo que talvez esteja pensando em começar a ser freelancer na internet?

Se desejar que eu te ajude com alguma dúvida específica, envie uma mensagem inbox no Facebook clicando no meu nome aqui embaixo!

Muito obrigado por ler a minha história! Espero que ela te ajude de alguma forma!

Líferson Skrzek de Freitas

começar a ser freelancer na internet hoje

 

começar a ser freelancer na internet no facebook

começar a ser freelancer na internet no twitter

começar a ser freelancer na internet no google plus

começar a ser freelancer na internet no instagram

começar a ser freelancer na internet no tumblr

começar a ser freelancer na internet no linkedin