Calcular o Capital Social MEI pode fazer a diferença em seus negócios. Se você vai começar a trabalhar como freelancer na internet com uma loja virtual, a leitura desse post é essencial na sua jornada.

Usar bem seu capital e fazê-lo girar é uma chave-mestra de qualquer e-commerce que se preze. Por isso, hoje vou explanar um conceito altamente importante para os que desejam estartar sua loja virtual de forma eficiente e organizada.

O conceito de Capital Social foi definido pela primeira vez pelo sociólogo francês Pierre Bourdieu. Segundo ele, o capital social é “o conjunto de recursos atuais e potenciais que estão ligados à posse de uma rede durável de relações mais ou menos institucionalizadas de interconhecimento”.

 

calcular o Capital Social MEI para freelancer

 

Capital Social: um conceito formado por bases sólidas

Esse conceito foi criado por ele em meados dos anos 80 e até hoje continua bastante conhecido e ainda é aplicável a diferentes setores da vida. Existem três formas de aplicar esse conceito: a financeira, a social e a de limitação de responsabilidades. Vamos explicar cada uma delas abaixo:

 

1. Financeira

Nesse aspecto podemos entender o capital social como aquele investimento inicial realizado por sócios de uma empresa. Ou seja, ele corresponde ao dinheiro que vai manter a empresa funcionando até ela começar a ter lucro. Por ser um investimento que depende de terceiros, esse capital é mutável. Ele diminui toda vez que alguém para de investir na empresa e aumenta quando investem mais. Esse conceito é quase sinônimo do termo ‘capital integralizado’.

 

2. Social

São as regras que regem os relacionamentos entre as pessoas que vivem na mesma sociedade. Essas regras são fundamentais para definir determinar questões como:

  • Os objetivos da empresa;
  • O sistema de organização da empresa;
  • O poder de cada sócio, entre outros.

 

3. Limitação de responsabilidade

Essa relação foi determinada entre o final do século XIX e o início do século XX, a partir da necessidade de limitar o ônus dos sócios diante dos problemas advindos da atividade industrial. Esse conceito dura até os dias de hoje na atividade empresarial.

Para descobrir o domínio destinado a cada sócio, vários elementos são levados em consideração. Esses elementos vão desde o dinheiro que ele aplicou até quantos clientes ele conseguiu trazer para a empresa. Tudo que for decidido precisa estar bem determinado no contrato social ou no acordo de quotista. Isso evitará disputas desnecessárias entre os sócios.

A partir desse ponto, o importante é definir qual é o montante que o empreendimento precisa para tocar o negócio, ou seja, o valor do capital social da empresa. Esse montante vai ser escolhido através de planos de negócios desenvolvidos com especialistas e com estudos sobre o setor.

 

O que o valor do Capital Social deve levar em conta?

Esse valor vai ser definido através de um estudo do mercado e do seu empreendimento. Ele vai depender de variáveis como:

  • Custos operacionais do seu negócio;
  • O valor aproximado do que vai ser necessário para manter a empresa funcionando (considerando que nos primeiros meses sua empresa não dê lucro);
  • Pagamento de funcionários;
  • Questões de logística, e muitos outros fatores.

Esse valor precisa ser bem estimado para que a empresa não quebre nos primeiros meses de vida.

Existem diversos benefícios que vem a partir de uma empresa que possua um capital social estabilizado. A partir daí esse capital vai facilitar a gestão da empresa.

 

Vantagens do Capital Social

Essas vantagens poderão ser observadas ao longo do crescimento da empresa e vão se manifestar de diversas formas e em setores diferentes como, por exemplo:

  • Gerenciamento mais eficaz na hora da compra de equipamentos e materiais;
  • Contração de funcionários e inserção de novas tecnologias;
  • Melhor administração de recursos que auxiliam no planejamento de ações em longo prazo de maneira mais eficiente; e
  • Determinação do alcance que cada sócio tem dentro da empresa.

O capital social tem como principal função delimitar os poderes de cada sócio, para que se possam conciliar as funções deles sem problemas futuros que afetem a sociedade.

Isso deve ser feito de forma conjunta à proteção do crédito, para garantir posteriormente o que é necessário para a manutenção e funcionamento do sistema econômico daquele negócio.

Ou seja, além de tratar da necessidade de dividir os poderes da empresa entre aqueles que a estão gerenciando, também é de extrema importância garantir a proteção aos credores.

 

Como calcular o Capital Social MEI?

Vimos como deve ser feito o planejamento do capital social para o caso das empresas, mas como fica essa questão para os microempreendedores? Como no sistema de funcionamento do MEI não existem sócios, como ele funcionaria?

Ao definir o Capital Social, é definida também a participação e organização do negócio. Você pode calcular o Capital Social MEI pela soma de todos os investimentos feitos na empresa antes de começar a atuar, tanto do sócio quanto do proprietário da empresa. No caso do MEI, que não precisa declarar Capital Social inicial, esse cálculo serve para planejamento financeiro e questões de contabilidade.

No MEI, existe apenas um limite do faturamento anual (que deve ser de até 60 mil reais); não é necessário ter um capital social mínimo ou máximo. Ou seja, não existem limites em relação ao tamanho do investimento que você vai fazer no seu negócio. Mas lembre-se que qualquer dinheiro que entre na empresa que não seja para investimento pode ser incluída no faturamento da empresa.

 

Como fica o Imposto de Renda?

Em relação as dúvidas sobre o quanto declarar no Imposto de Renda é bem simples: é só falar qual foi o capital investido no seu negócio. Mas repetindo: é importante se atentar para um fato: esse valor deve estar abaixo dos 60 mil de faturamento anual limite que é permitido à empresa para que ela continue sendo beneficiada como MEI.

Explicar conceitos como o capital social é necessário para entender como começar e investir no seu negócio. Por isso, é bom estar informado sobre essas questões antes de fazer seu negócio de maneira eficiente. Se está começando como freelancer e quer fazer isso formalmente, calcular o Capital Social MEI e aplicá-lo aumentará sua autoridade.

 

você sabe como calcular o Capital Social MEI

 

Se seu planejamento de abertura de uma loja virtual incluirá mais investimento do que você planejava há alguns meses, entender o conceito de Capital Social e saber calcular o Capital Social MEI o colocará no mundo do e-commerce assertivamente. Você não vai titubear e logo encontrará um meio de executar sua estratégia de forma organizada e capacitada.

É muito provável que dúvidas tenham surgido em sua mente à medida que leu essa explanação sobre como calcular o Capital Social MEI. Descreva elas em seus comentários logo abaixo e vou esclarecê-lo da melhor forma possível!

 

Está começando a trabalhar como freelancer e quer mais dicas?

Quer saber mais sobre como começar a freelancear? Leia outros posts relacionados aqui no site:

5 ideias criativas de prestação de serviços pela internet
Como escolher as palavras-chave para uma loja virtual?
Como estruturar um banco de imagens grátis
Como começar a fazer vídeos motivacionais
Como preparar conteúdo para converter mais

No vídeo abaixo, o Bruno de Oliveira do Viver de E-commerce fala sobre as 3 principais perguntas que você precisa responder antes de iniciar um negócio. Confira: